Comunicadores de Santarém debatem sobre o futuro do rádio durante Colóquio no Iespes

Alunos e profissionais da área da comunicação se reuniram para celebrar a passagem do Dia Municipal do Rádio e um dos dias dedicados ao radialista

Alunos e profissionais da área da comunicação se reuniram na quinta-feira, 7, no Iespes, durante II Colóquio para celebrar a passagem do Dia Municipal do Rádio e um dos dias dedicados ao radialista. Convidados falaram sobre o futuro do rádio durante uma roda de conversa, compartilhando experiências.Integraram a roda de conversa os profissionais Jota Ninos, Lucineide Pinheiro e Pedro Fernando. O professor do Iespes Paulo Lima atuou como mediador. Entre as temáticas abordadas, estiveram as facilidades com as novas tecnologias, como por exemplo com a produção de podcasts e a possibilidade de edição em celular; a importância de os profissionais se adaptarem as novidades e a educação por meio da rádio. Também foram abordadas algumas problemáticas existentes no meio e possíveis soluções.  


O radialista Pedro Fernando Liberal ressaltou que é importante o emparelhamento com as redes sociais, mas que os profissionais da comunicação não deixem de lado a apuração, fator essencial no jornalismo.

"O jornalismo precisa estar na rádio e a rádio tem que estar sintonizada com a sociedade. Eu acho que os jornalistas não podem deixar de ir para a rua. Eles precisam ir atrás da notícia para levar as informações às pessoas que não estão vendo de perto", ressaltou.  Ele destacou temas que podem ser bem aproveitados na cidade, como assuntos regionais, projetos científicos, entre outras situações que estão acontecendo. 

A coordenadora do curso de Jornalismo, professora Rosa Rodrigues, frisou a importância das discussões com os colegas da área. " Foi um momento de reflexões sobre esse veículo de comunicação que está sempre se transformando. Quisemos refletir sobre esse novo momento de convergência: o rádio na internet, essa onda de podcasts", atentou. 

O Colóquio contou ainda com a participação em vídeo dos pesquisadores Luiz Artur Ferrareto e Milton Jung.  "Além dos comunicadores de Santarém, tivemos a contribuição de pesquisadores nos quais agradecemos de forma especial, que são grandes motivadores do rádio no Brasil e têm escritos que são lidos durante o curso de jornalismo", comentou. 

Na ocasião, a professora recebeu uma homenagem pelos 30 anos de atuação no rádio em Santarém. "Foi uma surpresa muito gratificante, porque estavam reunidos ali nossos alunos, que são muito importantes na minha vida, nossos professores, comunicadores de Santarém, inclusive, alguns egressos do curso de Jornalismo", disse.

Ela não conteve a emoção com os depoimentos de profissionais que acompanharam a sua trajetória. "Estar reunida com eles e receber as mensagens foi muito especial. Isso tudo só reafirma o meu compromisso com a comunicação. Há 30 anos, a profissão que me escolheu. Me sinto honrada em fazer parte da comunicação de Santarém e mais honrada ainda por estar perto de tantas pessoas queridas, como as que estavam comigo no evento", finalizou. 

Ao final do Colóquio, alunos de Jornalismo apresentaram o canal de podcasts do curso. Semanalmente, os alunos vão lançar produções de rádio com diversos assuntos de interesse público. 

Rosa Rodrigues ressaltou que além de ser importante para o exercício dos alunos, as produções também serão uma forma de interação deles com a comunidade, compartilhando informações relevantes para diversos grupos. 

Acesse o canal em: soundcloud.com/radioiespes